Páginas

8 de fev de 2017

The Voice Kids Brasil para Crianças Peculiares

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Ivete: Que liiiiindaaaa!!!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Ivete: Meu Deus! Que maraviiilha! Como é o seu nome, princesa?

Menina: Meu nome é Safira.

Ivete: Safira! Quanto anos você tem, Safira?

Safira: Eu tenho nove!

Victor: Da onde você vem Safira?

Safira: Eu sou de Guaxupé, Minas Gerais.

Léo: Ah ê! Minas Gerais!!!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Carlinhos Brown: Safira! Você... é uma pedra preciosa!... É um presente dos céus! Uma obra prima que o ser criador maior... nos presenteou nesta tarde! Os anjos dizem amém! Os orixás os acompanham! Vamos todos dar um grande ajaiô para Safira? Vamos? AJAIÔ!!!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Léo: Safira, conta pra gente quais são suas influência musicais? Você tem alguém na família que te ensinou a cantar?

Safira: Foi meu tataravô.

Léo: Seu tataravô?

Safira: É... na verdade ele não é bem o meu tataravô. Ele é a vigésima-quinta geração antes de mim, pelo lado da minha mãe.

Victor: Que legal! Olha, Safira, enquanto você cantava, eu tava aqui conversando com o Léo e a gente tava lembrando da nossa infância e do nosso avô, quando ligava o radinho pra gente ouvir e a gente começou a experimentar a divisão de vozes. Era muito desafiador e a gente teve que treinar muito. Ouvindo você hoje, cantando quatro vozes ao mesmo tempo, com tanta facilidade, com tanta maestria, eu posso afirmar categoricamente: você é um fenômeno!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Safira: Obrigada!

Ivete: E eu tenho que dizer: eu fiquei arrepiada. Aliás, eu tô hipnotizada! Quando você começou a sobrepor uma voz com outra e mais outra eu fiquei me perguntando se era realmente uma criança. Interpretando uma canção coral, do período renascentista...

Carlinhos Brown: Josquin Deprez!

Ivete: Isso mesmo! Do mestre renascentista Josquin Deprez! Uma peça difícil, mesmo pra quem canta apenas uma voz, num estilo musical do século quinze, bem distante do nosso tempo... Mas aí eu virei a cadeira e vi... uma lindeza!... cantando... dançando... flutuando por cima da plateia... emitindo luz própria...

Léo: E tudo isso a capella e sem perder o tom! Você optou por cantar em italiano quinhentista, dançar, voar e piscar, mas manteve a afinação, manteve a dicção... a divisão...

Ivete: E essas buchechinhas? E esse cabelinho? Quanta lindeza, mulé!

Plateia: Ahahahahahahah!

Safira: Obrigada!

Carlinhos Brown: Safira, e a escolha dessa canção chamada El grillo è buon cantore... foi muito bem feita... porque o que nós estamos vendo aqui hoje... é um pequeno e meigo grilo...

Safira: Re-re-rê!...

Carlinhos Brown: ...mostrando que realmente é um bom cantor! Mas, como diz a canção... não faz como os outros pássaros... que depois de cantar um pouco... vão para outro lugar... mas sempre fica firme.

Victor: E eu quero frisar aqui, Brown, diante da letra da música que você recitou e de tudo o que você disse, que apesar de interpretar quatro vozes simultaneamente, você canta como uma criança.

Leo: Como quatro crianças.

Victor: Como quatro crianças, o que é a essência desse programa, que é descobrir talentos infantis. Você e o seu tataravô estão de parabéns.

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Safira: Obrigada!

Ivete: Agora, mulé! Tá na hora de você dizer com quem você vai ficar!

Safira: Olha! Eu amo todos vocês! Victor e Leo, eu acompanho vocês desde que vocês eram criancinhas... Ivete, você é uma diva... Brown, você é muuuuito cheiroso!... Mas hoje eu vou ficar...

(Música de suspense. Close no rosto de cada um dos técnicos)

Safira: ...com a Veveta!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Ivete: O que??? Ela me escolheu!!! Meu Deus! Vem cá, mulé! Dá aqui um abraço! Olha, nós vamos passear muito, comer acarajé, vou levar você pra cantar no meu trio elétrico...

Carlinhos Brown: Vamos todos dar uma ajaiô pra Safira? AJAIÔ!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

Carlinhos Brown: AJAIÔ!!!

Plateia: Êêêêêêêêêêêêê!!!

4 comentários: